Mensagens

Vida...

Imagem
A vida dá voltas e mais voltas e, foi numa dessas voltas que te encontrei...      Não te enquadras no meu "tipo" mas és o "tipo" que escolhi pra mim. Engraçado como a vida nos trapaceia não é??      De certa forma, apareceste para virar a minha vida do avesso... Mudei de trabalho, de casa, de vida (sinceramente, ambos sabemos que não era a melhor pra mim. Mudei também, a maneira como via o mundo pois, tu mostraste-me uma maneira bem mais simples de o ver. Ensinaste-me que a vida não é só a preto e branco e que, existe uma infinita palete de cores, apenas temos que abrir os nossos horizontes e os nossos olhos.      E, por isto mesmo te digo, OBRIGADA...
Imagem
Há pessoas que aparecem na nossa vida quando menos esperamos e, aos poucos e poucos, se vão tornando especiais. Começam a existir saudades das coisas mais pequenas como o toque, os abraços, o sorriso, a voz ou mesmo o cheiro. Os sentimentos vão aumentando sem nos apercebermos e, por mais que haja uma parte de nós que nos diga "Vai com calma, pode dar merda de novo." nós já não a conseguimos ouvir nem pensar muito sobre o assunto porque a vontade de estarmos com essas pessoas, de sabermos se estão bem ou até mesmo de ouvirmos um simples "Bom dia" nos faz diferença. Melhor ainda? Quando começamos a sentir reciprocidade nas vontades e nos sentimentos. Sim porque a reciprocidade é algo importante! Começa a ser algo que nos mantem mais vivos, mais felizes, mais nós próprios e, isso faz-nos bem pois sentimos-nos bem.
E, a páginas tantas não nos resta mais nada sem ser dizer "Bom dia"...

Capítulo sem fim...

Imagem
Capítulo fechado. Semi serrado. Meio aberto. Não sei porque me perco no inicio e no meio...Capítulo amaldiçoado. Largado. Jogado. Amado. Nem perto de ser enclausurado. Abandonado. Ao mar lançado. À deriva. Sendo eu afirmativa sem conseguir afirmar. Não sei mais de mim. enfim. Porque sou assim?? Oh maldito capítulo com inicio, meio e sem a porra de um fim....

Amor...

Imagem
...uma coisa que eu achava tão simples, tão bonita, tão ingenua, tão indefesa. Deparei-me embaranhada no enredo do amor uma coisa que afinal é tão complicada, não tão bonita, tão letal...
Por algum motivo Platão disse que o amor era uma perigosa doença mental e a verdade é que é. Tanto nos deixa no cume da montanha mais alta como nos arrasta para o fundo do mais profundo oceano. Numa hora ajuda-nos a recuperar de "doenças"/vicios como nos mete neles.



Imagem
Será agora?
Imagem
À medida que crescemos vamos perdendo amizades, as quais achavamos bastante importantes para nós. Na altura até podiam ser bastante importantes mas no final percebemos que as que realmente importam são as que mesmo sem contacto diário existe uma ligação forte e um à vontade tão grande como se comunicássemos todos os dias, sem segredos e sempre com histórias interessantes para contar . Essas sim merecem toda a nossa atenção e empenho...

.

Imagem
Era uma vez uma menina que cresceu com os pais separados no entanto acreditava que o amor era um conto de fadas e que os seus pais apenas não eram crescidos o suficiente para se amarem como deve de ser.
A menina fez 16 anos de idade sem conhecer qualquer afecto ou amor verdadeiro para além do amor incondicional dos avós que a criaram desde  sempre. No entanto, ela continuou a acreditar que o amor iria acontecer na vida dela e que iria durar para sempre. Mais dois anos passaram e, após ter sido usada devido à sua ingenuidade apareceu alguém... Esse alguém fez com que esta confirmasse que amor era possível para ela e interminável tal como sempre acreditara. Infelizmente a menina, agora mulher, perdeu a esperança de amor interminável e entendeu coisas que anteriormente não tinha entendido. Os pais amaram-se mas talvez não no tempo certo. O amor é bem mais complicado do que parece. O amor que antes a enchia de alegria começou a deixá-la triste.

Conclusão: Entende quando o amor começa a mo…